Dicas de Nós 2

mai 3, 2012 by

Dicas de Nós 2

Amar é se perder nos pensamentos tentando achar com o coração.

 .

.

Ontem mesmo, eu me esqueci da vida lembrando o quanto é admirável a mulher que Deus perpetuou ao meu lado. Minha companheira de guerras, travessuras e aventuras secretas continua mais linda do que nunca. Sei que o tempo já virou onze anos de páginas, no entanto sinto como se estivesse lendo o prefácio – e de um romance com sonhos sem fim.

Quem disse que é destino certo as décadas eclipsarem a origem de tudo? Não aceito a relativização do amor absoluto. Defenderei sempre a bandeira dos otimistas ainda que derradeiros na fronteira da felicidade. Porque viver é manter a vida viva – caiam céus ou abram-se terras. E amar é se perder nos pensamentos tentando achar com o coração. Eu achei. Ou melhor, nós nos achamos. Fórmula pra isso? Sei lá, mas estas têm ajudado:

- Curtam ousadias. A rotina é a maior assombração de um conto de fadas. Quebrem a mesmice como se escapassem da guilhotina descendo! Ninguém ama no automático. Jamais.

- Viajem! Sei que há discordantes, mas sempre voltamos mais apaixonados após um passeio mundo afora. E as fotografias são preciosidades sem preço – tornam a vida inesquecível.

- Durmam cedo. Mesmo sem sono. E não comentarei mais nada…

- Filhos não são cônjuges. Cuidado! Eles podem sugar mais do que o amor que é pra eles. Nada justifica um casamento enfraquecido por causa de uma “corujice” sem controle.

- Academia já! O exercício físico repõe a sedução diluída na gordura do barrigão. A perda da auto-estima parece cupim na cabeceira da cama. Silenciosa e demolidora. Sue pra valer!

- Saiam do vermelho. Problema não é faltar dinheiro, é gastar sem juízo! Dívidas pesam muito mais nos ânimos do que visita de sogra. Custa caro demais comprar o que não se deve, viu?

- Jantem fora. Nem que seja no quintal! Ou é só pro culto que vocês se arrumam pra sair? Ôpa, terminaram o namoro por que se casaram? Pobres acomodados! Luz de velas, agora!

- Esforcem-se! Se precisar, mude mesmo sem vontade. Ela virá logo a seguir – eu garanto! Certas coisas carecem de certa racionalização pra depois se tornarem espontâneas. Insista!

- Relembrem. Voltar às boas lembranças ressuscita sentimentos puros. Por que esquecer aquilo que mereceria um filme lindo dos dois? Nem Spielberg faria melhor.

- Esqueçam. Contraditório? Jamais. Delete o que não presta da sua lixeira emocional. Cicatrizes, só as de Jesus da cruz. Todo resto precisa desaparecer nos braços do perdão.

- Orem. Este é o maior antídoto contra o veneno da indiferença. Falar juntos com o Pai do Céu é emudecer as tentações do egoísmo. Mais oração é menos briga. Sempre!

- Sejam cafonas. O quê?! É que os moderninhos podem achar que amar pra sempre é das antigas gerações. Acredite: brega é quem só pensa no próprio umbigo desprezando o melhor.

E então? Faltam mais dicas? Vá em frente! Cada casal é um universo próprio. Só tem que descobrir sua maneira exclusiva de ser feliz.

.

.

Related Posts

Share This