100 lembranças pra você curtir antes do filho crescer!

jun 17, 2010 by

100 lembranças pra você curtir antes do filho crescer!

Eu assumo: sou fã de quem teve a idéia de ganhar dinheiro compilando em um livro os “100 Lugares Para se Conhecer Antes de Morrer”. Meio sinistro, mas intrigante por inteiro. Quem já não pensou nisso? A vida passa torturantemente rápida e, implacável, escoa feito areia fina em dedos magros. Quando menos percebemos, pronto, já chegamos lá: o fim (que pra mim não é bem assim… mas deixa pra lá, outra hora explico minha esperança!).

A verdade é que fiz um “pacto de sangue” quando peguei nos braços a herdeira do meu próprio sangue: extrair o máximo de toda e qualquer oportunidade recebida de Deus na convivência com minha filha. Por isso compartilho com vocês as curtições mirabolantes que guardarei em minhas lembranças como meu cofre mais precioso. Afinal de contas, viver é inventar histórias para contar. Mais nada (todo o resto acaba ficando fora do coração).

Então lá vai. É pra você pai de filho ou filha!

(Ah, e até os 15 primeiros meses de vida. Depois, faço outras 100…)

  1. Dar banho sem pressa nem chatice, mesmo se tiver água até no teto.
  2. Chegar do trabalho engatinhando de terno e gravata brincando de bicho.
  3. Admirar seu sono de anjo – antes que ele voe embora de casa com os outros.
  4. Fazer caretas tão ridículas que nem a esposa deve ficar sabendo.
  5. Correr em volta da mesa até ficar tonto de tão bobo.
  6. Fazer estilo punk arrepiando o cabelo deles com shampoo.
  7. Fazer um punk no seu cabelo também e fotografar este momento patético.
  8. Dar uma revista em suas mãos e observar enquanto ela é destroçada.
  9. Ir junto para dar vacina segurando firme na hora H.
  10. Voltar pra casa com gritos de palhaço – mesmo que pareça um completo mané.
  11. Deitar no tapete da sala aninhando seu bebê em cima do seu peito. Dormir também.
  12. Sentar de madrugada na cadeira de amamentação para pensar na vida, abraçados.
  13. Dançar de rostinhos colados mesmo que um seja perna de pau: você!
  14. Ficar lado a lado para assistir a pelo menos um desenho no Discovery Kids.
  15. Tornar suas raras trocas de fraldas um espetacular show da Disney: seja o Pateta!
  16. Andar no shopping sentado no ombro um do outro (você embaixo é obvio!)
  17. Experimentar dar uma papinha inteira até o fim – tanto dentro quanto fora da boca.
  18. Comprar uma câmera fotográfica a prova d´água para todos os momentos aquáticos.
  19. Fazer gritaria no elevador quando estiverem a sós os dois – sem a mãe!
  20. Brincar juntos de bola mais do que ficar plantado na frente da TV (exceção: Copa!)
  21. Ligar todos os brinquedos ensurdecedores de uma vez tentando não pirar.
  22. Festejar com alegria quando uma queda não for tão seria (o susto é pior que a dor)
  23. Deixar babar no seu celular – antes que isso jamais se repita…
  24. Beijar e assoprar a barriga, direto na pele, como tortura delirante do bem.
  25. Folhear um livro infantil – mesmo que inventando uma história completamente errada.
  26. Brincar de esconde-esconde atrás das próprias mãos.
  27. Vibrar feito maluco com os seus primeiros segundos em pé.
  28. Vibrar feito mais maluco ainda com seus primeiros passinhos desengonçados.
  29. Provar para a mãe que somos mais perfeccionistas que elas ao fechar uma fralda.
  30. Olhar pro banco de trás do volante fazendo careta (só no sinal vermelho, hein?!)
  31. Gravar uma mensagem em vídeo para o dia do casamento dela.
  32. Gravar uma mensagem em vídeo para quando ele fizer 18 anos.
  33. Ir junto para o chão pelo menos uma vez ao dia.
  34. Fazer uma lambança com molho de tomate ou beterraba e fotografar isso.
  35. Morder seu traseirinho gordo antes do banho.
  36. Fazer uma massagem de diva com óleos aromáticos infantis (existe!).
  37. Abrir a mão e despertar sua valentia incentivando-o a bater bem forte. Festejar!
  38. Esquecer o relógio curtindo seu sorriso banguelo feito varal com duas meias.
  39. Gastar 10 segundos admirando a imagem quando surgem prontos depois do banho.
  40. Jamais hesitar quando der uma minúscula vontade de agarrar e apertar bem forte!
  41. Ignorar o mundo em volta ao se encontrarem no aeroporto após uma viagem.
  42. Carregar uma foto 5X7 na carteira, de preferência em cima daquela sua ridícula do RG.
  43. Fazerem juntos um ensaio fotográfico profissional (você me agradecerá um dia!)
  44. Ser um paparazzi assumido com cada roupa nova colocada.
  45. Sempre falar com eles no celular quando estiver longe (tolice é perder a chance!)
  46. Transformar seu abdômen sarado em um pula-pula (bastante gelatinoso para alguns)
  47. Trocar alguns dos CDs do carro por cantigas infantis de roda ou de ninar.
  48. Passar e alisar objetos de diferentes texturas nas suas mãozinhas.
  49. Sempre falar e interagir – o idioma deles é inexplicável, mas um dia será esquecido!
  50. Ter skype com webcam – para ver e ser visto quando estiver viajando.
  51. Levar um montão de travesseiros na cama e “sonecar” de bruços abraçando junto.
  52. Acompanhar os primeiros passinhos descalços na areia (você também!).
  53. Fazer um piquenique num lago com as papinhas sobre a toalha xadrez.
  54. Colocar um DVD de música admirando sua criança se mexer enquanto assiste.
  55. Orar diariamente com suas mãozinhas juntas mesmo de olhos abertos.
  56. Segurar seu corpinho no alto com uma só mão esticada (sinta-se todo poderoso!).
  57. Deixar divertir-se com a chave do carro mesmo que volte babada depois.
  58. Cantar regularmente “Parabéns pra Você”  (eles não sabem data nenhuma mesmo…)
  59. Gravar o som do choro e ruídos cômicos num CD (ou até no próprio celular).
  60. Pôr a imagem infantil preferida como papel de parede no seu computador.
  61. Salve um retrato deles no menu principal do seu celular (isso alivia as ligações!)
  62. Nunca sair de casa sem dar aquela “espiadinha paterna” (e se eles enxergam dormindo?!)
  63. Ir ao zoológico juntos, mesmo que lhe achem parecido com o macaco.
  64. Engatinhar fazendo uma corrida imaginária (e perca! Obviamente).
  65. Abrir uma poupança especial que seja esquecida até sua faculdade.
  66. Fazer um calendário com suas fotos mais inesquecíveis.
  67. Olhar várias vezes no espelho com os rostos super colados um no outro.
  68. Deixar a mãe dirigir, indo para o banco de trás fazer festa (confie nela!).
  69. Guardar o primeiro sapatinho para sempre (que tal um banho de metal nele?)
  70. Jogar um pano na cara deles vibrando muito quando tirarem de volta.
  71. Cheirar muito seu cheirinho de bebê cheiroso (um dia o desodorante será obrigatório!)
  72. Comprar a mesma cor de camiseta Hering para toda a família (fotografar isso!)
  73. Fazer um mini escorregador nas suas pernas (segure os bracinhos levantados).
  74. Deixar, só uma vez, eles tirarem todos os lenços umedecidos do pacote.
  75. Enxugar e vestir pra dormir enquanto a mãe tenta tomar um banho decente.
  76. Filosofar comparando seus passinhos de sabiá com os seus de garça.
  77. Iludir-se que só o seu bebê é precoce em tudo (ria disso, os outros rirão também).
  78. Fazer o “álbum do neném” (ou delegar para a mãe fazer!).
  79. Trocar sempre todas as pilhas dos brinquedos (tenha um container de estoque).
  80. Abaixar o nível do berço sentindo a melancolia do tempo passando rápido.
  81. Brincar, sem pressa, só de fralda em cima da cama (você não, viu?!).
  82. Tomar um eterno banho de banheira juntos (bagunce como nunca!).
  83. Ter uma musiquinha especial só sua de pai (use ao telefone, cochichando, etc).
  84. Rir para ela, rir dela, rir com ela, ou melhor, rir sempre!
  85. Criar um blog em sua homenagem (paicoruja.eu já tem dono, ok?).
  86. Fazer sua carteira de identidade infantil para a posteridade.
  87. Chegar em casa como se houvesse passado 10 dias fora (mesmo se foi há 5 minutos).
  88. Filmar tudo o que for diferente – numa semana já não fazem mais…
  89. Fazer abdominal com seu bebê sentado no umbigo (vão rir pra valer!)
  90. Que tal exercitar seus bíceps com um “peso humano”? (São 10 quilos!)
  91. Dar água na mamadeira esfregando o bico na boca do neném – é patético.
  92. Fazer “quase” todas as vontades da mãe na festinha de 1 ano…
  93. Levar para dar comida aos peixes – trate de achar um lugar! (eles enlouquecem!)
  94. Brincar de acender e apagar a luz com ela no colo: segurança e diversão juntas!
  95. Não se envergonhar da bagunça em restaurantes públicos (entre na festa, pronto!)
  96. Não surtar quando seus dedinhos espancarem o teclado do seu computador.
  97. Pôr o colchão na sala e assistirem um filme de família (se chorar, que problema tem?)
  98. Abraçar e beijar a mãe na frente deles – eles fazem uma cara única!

E cadê a 99 e 100? Ora, ora, vê se inventa pelo menos duas e depois me passa para eu fazer também.

Divirta-se!

.

Related Posts

Share This