O Bom do Melhor

dez 26, 2012 by

Quando lembro que quase perdi neste ano as duas pessoas que mais amo no mundo – minha esposa e filha – sinto um calafrio imediato despertando minha apatia. Reclamar do quê? Passar de raspão na terrível possibilidade de lamentar num cemitério enxuga imediatamente qualquer lágrima provocada por serzinhos mais fúteis e falíveis. Se Deus libertou nossa família da tragédia de um acidente, por que eu iria me incomodar com um sapato apertado? Jamais! À sombra do muito pior, não deixarei que o melhor estrague o maravilhosamente bom. Se minha vida...

read more