Ei, por quê?

mai 22, 2012 by

Pronto! Era o que faltava. Minha filha entrou em cheio no mundo incansável dos “por quês”! Incansável pra ela – afinal, pra gente já virou anúncio de vendedor de garapa berrando em feira de domingo. Tá louco, meu, é uma reza mais repetitiva que grunhido de arara. Simplesmente, não pára! Pai, por que você chegou agora? E por que tá com gravata amarela? Por que a cara de cansado? Por que este pijamão aí? Por que a lua empurra o sol pra longe? Por que eu tenho...

read more

Confessionário

mai 18, 2012 by

Orar é a coisa mais fácil do mundo – também a mais difícil. Até porque todo ser que é humano adora conversar, mas repudia falar sozinho. E se a regra básica da comunicação é que qualquer bate-papo exige ao menos duas pessoas interagindo, alguém aí curte se expressar no vazio? De que vale um confessionário disponível sem absolutamente ninguém do lado de lá? Já tem muito bobo no mundo pra fazermos o papel de mais um! Êpa, mas calma! Não rotule sem espiar o conteúdo...

read more

A Bilíngue

set 30, 2010 by

A-dádã... E minha esposa, melhor mãe do mundo, aprendeu o inexplicavelmente ilógico. Bilú-blú. Um idioma indecifrável. Nhá-vrrr. Ela conversa como se entendesse e fosse entendida. Bãrhhsh. É uma tradutora bilíngue do alfabeto dos ETs. Ghurgs-dáh. Não consigo processar tamanha virtude – ou doidera completa. Quer ver?

read more

Sentado nas Nuvens

jul 27, 2010 by

Escrevo este texto sentado sobre as nuvens. Embaixo de mim, arranha-céus viram miniaturas em cubos alegóricos compondo o mosaico da maior cidade do Brasil. Ao meu lado um senhor ocupa quase duas poltronas – seu peso faz nosso avião cobrar mais da turbina neste lado. Uma música ambiente tenta distrair os desafiadores da lei da gravidade. O sol se deita no horizonte desenhando sobre São Paulo raios espetaculares de mais um dia que se foi. Nostalgia pura. Mas é verdade! Flutuando nos ares e brincando mais uma vez de albatroz, a gente pára pra pensar na vida.

read more

Bebê Al-Qaeda

jul 26, 2010 by

Já percebeu como toda a criança é potencialmente suicida? Minha filha também. Até questiono se seus genes são herdados de mim, ou de algum terrorista kamikaze por aí. Não se assuste, explicarei melhor...

read more