Caixa Preta – 2 (Vez delas!)

jun 4, 2012 by

Agora é a hora de abrir a Caixa Preta da cor pink. Você que leu o texto trazendo de volta as incríveis mães pra passarela das esposas sedutoras, prepare-se! Chegou a vez delas revelarem suas expectativas femininas tantas vezes não explicadas. E, por causa disso, muitos abismos se instalam feito crateras no relacionamento pós-paternidade. Quer saber? É fácil apontar o dedo – difícil é vestir a carapuça. Tem homem exigindo das heroínas-mães-esposas mais do que sua “fraqueza em compreender” consegue sob a criptonita da rotina. E mudar as coisas no universo masculino parece um cataclisma, não é? Então, lá vai: pra quem é todo machão, não espere da sua mulher o marido que você não é! (...)

read more

Caixa Preta – 1

jun 4, 2012 by

Pronto. Decidi. Vou abrir a caixa-preta perigando revelar você. Se doer, desculpa aí! Minha intenção é discutir com carinho uma tragédia anunciada. Até porque ninguém fala disso – inclusive os bons maridos emudecidos pela fortaleza delas. E já que me encantei ainda mais com minha eterna namorada por me deixar escrever, quem sabe possa lhe ajudar. Pronto? Mesmo? Então lá vai! Mulheres, por favor, tomem cuidado pra não se tornarem mães demais e esposas de menos. (...)

read more

Não Leia!

abr 18, 2011 by

ATENÇÃO! Se você não costuma sentir saudades, vai por mim: procure outro canto e pare de ler isso aqui. Este texto não é pra gente como você! Agora, se seu coração, vez por outra, sente aquela fome estranha satisfeita somente ao rever quem alimenta sua vida com amor, siga em frente comigo...

read more

Desejo da Mula

abr 9, 2011 by

Já estava na hora. Doze badaladas. O encanto infalível evaporou, a princesa escorregou na maionese e a carruagem se desfez em abóbora. A única diferença é o sapato de cristal trocado por uma fralda largada pra trás. Porque, finalmente, minha filha de 22 meses começou extravasar...

read more

Já Foi

abr 2, 2011 by

Ah, outro dia, ela inventou de falar “papai, chê!”, e a mãe inflou meu mundo ao explicar “querido, ela quer dizer ‘papai, amo vochê’”. Uau! Levitei enlouquecido de paixão, até escutar, momentos depois, ela também dizendo: “xixi, chê! Mimi,chê! Totô, chê...” A verdade é que ser pai é o maior barato! Coisas assim fazem a gente repensar a ordem de valorização das coisas.

read more